Inscrições abertas para o Processo Seletivo 2012 da UFPA

As inscrições para o Processo Seletivo 2012  iniciaram-se na quarta-feira, 14, a partir das 14h, e serão realizadas via internet, na página do Centro de Processos Seletivos da UFPA - Ceps (www.ceps.ufpa.br). Quem visitar a XIII Feivest também poderá efetuar sua inscrição no estande do Ceps, o qual vai disponibilizar computadores e impressora aos candidatos. Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, 13, no Centro de Convenções Benedito Nunes, no campus Guamá, a pró-reitora de Ensino de Graduação (Proeg), Marlene Freitas; a diretora do Ceps, Marilucia Oliveira; e o assessor da Proeg, Mauro Magalhães, detalharam as mudanças e os preparativos para o Processo Seletivo 2012 da UFPA.

Para o próximo ano, serão ofertadas 7.611 vagas distribuídas entre 180 cursos de graduação. Ao todo, são 1.523 vagas a mais que no Processo Seletivo 2011, sendo 524 criadas para a capital e 999 criadas no interior do Estado. A pró-reitora Marlene Freitas informou, inclusive, que o aumento da oferta de vagas nos campi da UFPA é um compromisso político da Instituição no que consiste em atender as demandas dos candidatos que residem em outros municípios. Por isso, também, para o PS 2012, houve a criação, em campi do interior, de alguns cursos de flexibilização, ou seja, cursos que serão mantidos a partir de convênios específicos, que podem ser ou não ofertados novamente nos anos seguintes, nos mesmos municípios ou em municípios diferentes.

A novidade da capital é a oferta de dois cursos novos: Arquivologia e Engenharia de Telecomunicações. A Graduação em Arquivologia será ofertada pelo Instituto de Ciências Aplicadas (ICSA), que, de acordo com Marlene Freitas, já possui o curso de Biblioteconomia, mas necessitava de uma formação adicional para quem trabalha com arquivos e referências bibliográficas. Sobre o curso de Engenharia em Telecomunicações, a pró-reitora explica que, com todos os processos de telecomunicações fixas e móveis que envolvem novas tecnologias, é natural uma demanda de mercado por essa formação. “A Universidade procura, sempre na medida do possível, satisfazer a essas demandas, próprias de uma sociedade em desenvolvimento”, afirmou.  

Prova – A primeira fase do Processo Seletivo, que corresponde à prova do Enem, será aplicada nos dias 22 e 23 de outubro. A segunda fase será de aplicação da prova da UFPA e ocorrerá no dia 4 de dezembro, das 14h às 18h. A escolha pelo turno da tarde é para evitar a coincidência com a prova da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFPA), a qual será aplicada no mesmo dia, mas no turno da manhã, das 8h às 12h. Os locais de prova são Belém, Ananindeua, Icoaraci, Abaetetuba, Altamira, Bragança, Breves, Cametá, Capanema, Castanhal, Jacundá, Marabá, Parauapebas, Rondon do Pará, Santa Isabel do Pará, Soure, Tailândia, Tomé-Açu, Tucuruí e Xinguara.

A prova da UFPA constará de 55 questões de múltipla escolha, sendo cinco para cada uma das 11 disciplinas que compõem a grade curricular do ensino médio: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Matemática, Física, Química, História, Geografia, Biologia, Filosofia e Sociologia, que são as mesmas matrizes de conteúdo do Enem. A redação considerada no Processo também será a da primeira fase cobrada na prova do Enem.

Inscrições - A taxa de inscrição custa R$ 40 e poderá ser paga até o dia 5 de outubro, via boleto bancário. Os candidatos que estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderão solicitar a isenção do pagamento da taxa entre os dias 14 e 19 de setembro. A divulgação das isenções aceitas ocorrerá a partir do dia 25 de setembro.

Critérios e mudanças - Os critérios de eliminação dos candidatos foram mantidos em relação aos do ano passado. Os candidatos não podem tirar nota menor que 4 (quatro) na redação do ENEM, nem zerar nenhuma área de conhecimento no Exame e, na prova elaborada pela UFPA, não podem tirar mais que 2 (dois) zeros em toda a prova. Além disso, devem ter 30% de acerto na avaliação. A mudança mais significativa em relação às regras do concurso diz respeito ao cálculo da nota final para a classificação dos candidatos.

A nota obtida pelos candidatos na prova do ENEM, padronizada pelo próprio Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Aluizio Teixeira (INEP), será somada com a nota da prova da UFPA, padronizada pelo Ceps, e dividida por 2 (dois). Apenas os candidatos aos cursos de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro, os quais devem prestar, também, um exame de habilidades aplicado pela UFPA, terão a nota final calculada a partir da média aritmética das notas obtidas nas 3 (três) provas. O exame de habilidades está previsto no edital para o dia 13 de novembro.

Cotas e reserva de vagas - O sistema de cotas do PS 2012 também foi mantido conforme os anos anteriores. Segundo a Resolução nº 3.361, de 5 de agosto de 2005, do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPA (Consepe), 50% das vagas ofertadas anualmente são reservadas a estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escolas da rede pública de ensino e, destas, 40% são reservadas a estudantes que, no ato da inscrição, se declaram negros ou pardos e optam por concorrer neste sistema de cotas. A condição de cotista, posteriormente, deve ser comprovada pelo estudante que optar por esta forma de concorrência.

A Universidade, ainda, mantém a possibilidade de criação de duas vagas a mais em todos os cursos de graduação destinadas a candidatos indígenas e uma vaga para candidatos portadores de deficiência. Estas vagas extras só podem ser ocupadas por estes cotistas e, na ausência de inscrição de cotistas, não serão ofertadas, conforme a Resolução nº 3.869/2009 e a Resolução nº 3.883/2009 do Consepe, respectivamente. As vagas extras não preenchidas são automaticamente extintas.

 

Serviço:

Clique aqui e cosulte o edital do PS 2012

Não perca os prazos: clique aqui e conheça as datas importantes do concurso

Site: www.ceps.ufpa.br

Informações: 3201.7266 / 3201.7622

 

Texto: Assessoria de Comunicação da UFPA

 

 

Publicado em: 14.09.2011 07:00