Lista de leituras recomendadas para o PS 2013 sofre mudanças

O Processo Seletivo 2013 da Universidade Federal do Pará (UFPA) trará novidades na lista de leituras recomendadas, aprovadas pela Comissão Permanente de Processos Seletivos (Coperps), no último dia 16. A intenção é aproximar o programa da UFPA com a lista de obras feita pela Universidade do Estado do Pará (UEPA), para ajudar os candidatos na preparação para as provas.

A lista continua seguindo o padrão de abordagem dos estilos literários, como o Romantismo em suas três fases, com obras de Castro Alves e José de Alencar; e a multiplicidade de gêneros de Machado de Assis, com seu penúltimo livro, Esaú e Jacó. Autores paraenses, como Marques de Carvalho, Benedicto Monteiro e Dalcídio Jurandir, também estão presentes no programa. O Primo Basílio, de Eça de Queiroz, e A viagem do elefante, de José Saramago, figuras aclamadas da literatura mundial, continuam na lista.

Segundo o professor Sílvio Holanda, da Faculdade de Letras (FALE) da UFPA, a ideia de aproximar as duas propostas de leituras obrigatórias se deu a partir da exclusão de alguns títulos da lista da UFPA, processo realizado por diversos professores da Faculdade.

Formação cidadã – Mais do que uma obrigação para todos os vestibulandos, a principal função das obras escolhidas deve ser aproximar o jovem de clássicos das literaturas regional, nacional e internacional e ajudar a desenvolver o hábito da leitura na sociedade, na busca pela formação intelectual do indivíduo.

“Trata-se de uma possibilidade de formação estética do cidadão, independentemente da carreira escolhida. A leitura permite, secundariamente, o aperfeiçoamento verbal e textual do estudante, bem como um conhecimento reflexivo sobre aspectos importantes da cultura brasileira e portuguesa”, ressalta o professor.

Observação – Ainda na opinião do professor Sílvio Holanda, cada uma das obras escolhidas tem um significado peculiar, e é necessária uma análise mais aprofundada e individual dos títulos citados no programa.

“É difícil dar uma orientação geral sobre as obras, dadas as diferenças entre elas, mas é sempre conveniente observar a estética de cada texto, as temáticas abordadas, as linguagens específicas utilizadas pelos autores em cada livro, e as relações possíveis entre a ficção e a realidade”, afirma Sílvio. A lista deve se manter pelos próximos três anos.

Confira aqui a lista de leituras.

Texto: Gustavo Ferreira – Assessoria de Comunicação da UFPA
Fotos: Alexandre Moraes

Publicado em: 03.05.2012 18:00