UFPA divulga listão do PS 2013 e aprova mais de 7 mil candidatos

O ano de 2013 começou bem para os 7.414 candidatos aprovados no Processo Seletivo 2013 (PS 2013) da Universidade Federal do Pará (UFPA). O Listão do concurso foi divulgado neste sábado, 5 de janeiro, pela instituição após coletiva de imprensa  realizada no Centro de Evento Benedito Nunes, no campus básico, no bairro do Guamá, em Belém. Das 8.614 vagas ofertadas este ano, 7.593 eram destinadas aos estudantes que concorriam pela cota escola, cor, renda ou na condição de não cotistas e apenas 228 não foram preenchidas. Estas serão ofertadas em um novo concurso com edital previsto ainda para janeiro. Já entre os dez primeiros colocados, sete são do curso de Medicina, um de Engenharia Civil, um de Engenharia Naval e outro do curso de Direito. Confira aqui o Listão do PS 2013.

O reitor da UFPA em exercício, Edson Ortiz, deu as boas-vindas aos novos universitários e relembrou o esforço da instituição para a melhoria da qualidade e da quantidade das vagas ofertadas a cada ano. “Ano passado eram 7.606 vagas e este ano foram mais de oito mil disponibilizadas. Um salto de mais de 12% no número de vagas em apenas 12 meses. Isso traduz para a sociedade nosso empenho na ampliação com qualidade da possibilidade de ingresso na instituição e também mostra o compromisso dos nossos técnicos, gestores e docentes com essa formação. E a todos os que fazem parte deste movimento e compromisso, desde a seleção até a formação destes jovens, nós só temos a agradecer e, aos novos calouros da UFPA, desejamos boa sorte nessa fase que vocês iniciam agora”, afirma.

Vagas remanescentes – Este ano, o equivalente a 97% das vagas ofertadas foram preenchidas, o equivalente a 7.365 das 7.593 vagas. No entanto o número de calouros chega a 7.414 somando os 49 candidatos aprovados por meio da cota destinada a pessoas com deficiência (PcDs), que cria até uma vaga extra em cada um dos 179 cursos de graduação ofertados no PS 2013.

As 228 vagas que não foram preenchidas pelo concurso serão ofertadas em um processo seletivo especial, por decisão do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPA (Consepe). O novo concurso terá edital próprio e usará as notas do Enem como único critério de seleção. As vagas disponíveis para a nova seleção são para 18 cursos oferecidos nas cidades de Altamira, Belém, Castanhal, Limoeiro do Ajuru, Marabá, Mocajuba, Tomé-Açu e Tucuruí. Em Belém, são quatro vagas no curso de Licenciatura em Língua Alemã. Veja aqui as vagas que serão reabertas.

“Essa é uma medida que adotamos desde o ano passado e uma nova oportunidade aos estudantes que fizeram o Enem e ainda desejam entrar na universidade no primeiro semestre deste ano. Nossa previsão é divulgar este edital até, no máximo, o mês de fevereiro. Para participar, os candidatos terão de se inscrever e fornecer sua inscrição no Enem e aguardar o resultado, sem que precisem prestar uma nova prova”, orienta Marlene Freitas, presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos da UFPA (Coperps) e pró-reitora de Ensino de Graduação da universidade (Proeg).

Vagas são divididas entre cotistas e não-cotistas – Entre os aprovados no PS 2013 da UFPA, 396 disputaram as vagas na modalidade cota cor-renda; 566 são cota escola-renda; 1.081, cota cor; e 1.611 foram aprovados na modalidade cota escola. Contando ainda com a cota PcD, os cotistas somam 3.703 dos aprovados e os não cotistas 3.711 do total de calouros 2013. Clique aqui e entenda como funciona o sistema de cotas da UFPA.

A diretora do Centro de Processos Seletivos da UFPA (Ceps), Marilucia Oliveira, avalia de forma positiva o PS 2013. “Consideramos esse processo seletivo um sucesso sob todos os aspectos. Em relação ao número de inscritos superamos novamente a marca do ano anterior e passamos de 72 mil para quase 77 mil; o número de sobra de vagas também reduziu de 307 para 288 – mesmo com o aumento de vagas; a implementação do novo modelo de cotas também foi tranquila e os novos cursos criados este ano - Engenharia Biomédica e Tecnologia em Produção Multimídia - registraram alta demanda e suas vagas foram totalmente preenchidas. Tudo isso mostra que a UFPA está de portas abertas e em permanente interação com a sociedade, além de considerar e incentivar a aprovação de alunos nos mais diferentes perfis. Por tudo isso, sejam todos muito bem-vindos e parabéns!”, saudou.

Os calouros aprovados no PS 2013 já podem comemorar, mas precisam ficar atentos aos prazos para habilitação e matrícula na Universidade. O edital referente à apresentação de documentos para registro na Universidade e, posteriormente,  matrícula nas Faculdades será publicado no próximo dia 21 de janeiro no site do Centro de Registro e Indicadores Acadêmicos (CIAC), no endereço www.ciac.ufpa.br.

Critérios de eliminação deixam de fora 52% dos candidatos – 52,21% dos candidatos inscritos no PS 2013 da UFPA foram eliminados por um dos critérios previstos no edital do concurso. Do total de inscritos, 2,61% saíram da disputa ao faltarem na primeira fase no concurso (Enem 2012). Outros 15,73% foram eliminados por insuficiência de pontos na redação, na qual os estudantes precisam obter nota maior que 400 para continuarem na disputa. Já a segunda fase, aplicada pela UFPA no início de dezembro, deixou de fora 6,37% dos candidatos por não-comparecimento no dia do exame e outros 23,67% por insuficiência de pontos. Outros 3,83% foram eliminados após tirarem notas zero em mais de duas disciplinas da segunda fase do concurso.

Física, Português e Matemática concentraram maior número de zeros - Na prova elaborada e aplicada pela UFPA em dezembro, 19.167 candidatos tiraram zero em Física (27,88%) e foram registrados 16.475 zeros na prova de Língua Portuguesa (23,96%) e outros 15.405 na prova de Matemática (22,41%). Em seguida aparece Filosofia, na qual 14.684 estudantes que concorriam às vagas do PS 2013 tiraram nota zero (21,36%). Foram ainda 12.800 zeros em Química (18,62%); 10.640 zeros na prova de Espanhol (15,48%); 9.718 em Biologia (14,13%); 7.426 zeros em Sociologia (10,8%); 8.576 em Geografia (9,56%); 3.950 na prova de Literatura (5,75%); 2.383 zeros em História (3,47%) e 2.155 em Inglês (3,13%). Nas provas de Italiano, Alemão e Francês foram registados respectivamente, 2,2 e 3 zeros, que equivalem a menos de zero por cento dos candidatos inscritos.

Texto: Glauce Monteiro – Assessoria de Comunicação da UFPA
Fotos: Mácio Ferreira

Publicado em: 05.01.2013 14:02