Resultado do PS 2014 foi positivo, diz reitor da UFPA

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, o reitor Carlos Maneschy e representantes da Universidade Federal do Pará avaliaram o Processo Seletivo 2014 como satisfatório. Dos 5.692 candidatos aprovados, mais de 90% são estudantes do Estado do Pará, um quantitativo que responde, positivamente, aos debates levantados em relação à utilização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como único processo de seleção da Instituição.

“Havia a dúvida de que este formato poderia diminuir o acesso dos alunos da Região Norte, em particular,  do Estado do Pará, à UFPA. Nós instituímos uma política de bônus na tentativa de equilibrar o resultado do Enem, para tornar a disputa mais equitativa, no entanto nós observamos que aquela preocupação ou temor não se materializou. No curso de Medicina em particular, que era o mais sujeito às preocupações, somente 13, das 150 vagas, foram ocupadas por pessoas de fora da região, ano passado, no antigo modelo, 48 vieram de outros Estados, portanto, esse processo está longe de tirar a oportunidades de amazônidas e nortistas, muito pelo contrário”, frisou o reitor Carlos Maneschy.

Maior alcance - Ainda segundo o reitor Carlos Maneschy, o novo formato de seleção permitiu ao concurso um maior alcance, visto que um número maior de pessoas teve acesso às inscrições por meio do Enem.  “Em 2012, foram 60 mil inscritos, este ano, foram cerca de 120 mil, ou seja, dobramos o número de candidatos. Além disso, pudemos realizar o exame em um número maior de municípios do nosso Estado.”

Repescagem - Os vestibulandos que não tiveram seus nomes no listão de classificados devem estar atentos às repescagens, pois há a possibilidade de alguns calouros terem sido aprovados tanto pelo Sisu, quanto pelo PS2014. O diretor do Ciac, Aluízio Barros, responsável pelas informações da UFPA no Sisu, explica que, quando isso ocorre, “o candidato deve optar apenas por uma das vagas, ficando a outra para a repescagem.”

Habilitação - A habilitação começa nesta segunda-feira, 20. O Edital já está disponível no site do Ciac, nele, são informados o dia, a hora e o local em que o candidato deve comparecer para entrega da documentação. Os candidatos de outros Estados terão que vir até Belém ou realizar a matricula via procuração.

Curso de Jornalismo - No último dia 10, a Justiça Federal do Pará cancelou a decisão do Ministério da Educação (MEC), que havia suspendido a abertura de novas vagas, e concedeu uma liminar, que permitiu a inscrição de candidatos pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O Processo Seletivo da UFPA para o curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, havia sido suspenso pelo MEC no dia 5 de dezembro de 2013. Para o Ministério, os alunos da Instituição não haviam obtido nota satisfatória no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o que impossibilitaria que novas matrículas fossem realizadas até o cumprimento de um plano de melhoria do curso. Já os alunos do Centro Acadêmico da UFPA informaram que a nota insatisfatória foi consequência de um boicote e não reflete a real situação do curso. Dos 935 alunos que se inscreveram no Processo Seletivo para o curso de Jornalismo, 30 foram aprovados.

“Este já é um problema superado. Os nomes dos aprovados no curso de Jornalismo foram divulgados normalmente no Listão e suas matrículas estão todas garantidas”, afirmou o reitor Carlos Maneschy.

PSE - Durante a coletiva, a diretora do Centro de Processos Seletivo (Ceps) da UFPA, Marilucia Oliveira, informou que será realizado um Processo Seletivo Especial para atender a novos cursos que não tiveram vagas disponibilizadas no PS comum, porque ainda estavam em processo de aprovação no Conselho Superior de Ensino e Pesquisa da UFPA (Consepe). O PSE será discutido, nos próximos dias, em reunião da Comissão Permanente de Processos Seletivos (COPERPS), que aprovará o edital, o qual deve ser divulgado até o final deste mês. “Os novos cursos são para a área de Engenharia Ferroviária e Bacharelado em Ciência e Tecnologia, este último em Ananindeua”, completou Marilucia Oliveira.

“Este resultado é muito positivo em relação aos que tivemos nos processos passados, o que mostra, inclusive, que este formato é mais eficaz. O número de estudantes aprovados na região mostra, também, o preparo desses alunos. Quero parabenizar a todos os aprovados, que vão ter, agora, a oportunidade de estudar em uma universidade pública federal, como é a UFPA. Aos que não passaram, espero que continuem tentando, porque este é o caminho para que possamos cumprir e garantir uma condição mais plena de cidadão, que só se dá por meio da educação”, finalizou o reitor Carlos Maneschy.

Saiba mais:
Calouros da UFPA devem se inscrever nesta segunda-feira, dia 20
Aprovados na UFPA pelo Sisu entregam documentos de olho no Listão 
Processo Seletivo 2014 da UFPA aprova 5.692 candidatos 
Festa de aprovados no PS 2014 começa dentro do campus do Guamá}
UFPA recebe primeiros calouros aprovados pelo Sisu  
Mais de 98% dos aprovados na UFPA pelo Sisu são paraenses
Aprovados pelo Sisu devem se inscrever na UFPA nesta sexta-feira, 17

Texto: Beatriz Santos/ Assessoria de Comunicação da UFPA
Fotos: Alexandre Moraes

Publicado em: 20.01.2014 07:00