Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Confira dicas para a organização da rotina de estudos em casa
Início do conteúdo da página

Confira dicas para a organização da rotina de estudos em casa

  • Publicado: Quinta, 21 de Maio de 2020, 19h25

livros estudos

Durante o período de quarentena e isolamento social, escolas e faculdades estão fechadas, o que dificulta a manutenção dos estudos de milhões de alunos em todo o país. Apesar disso, é importante que cada um tente manter uma rotina de estudos em casa, para que o hábito seja mantido. E para auxiliar todos os estudantes em como organizar essa nova rotina de estudos em um cenário sem aulas presenciais, a pedagoga  Kelly Bispo e a licenciada em Letras Amanda Malato, do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFPA, prepararam uma série de orientações.

“A aprendizagem é um processo e ocorre ao longo da vida. No entanto, para que ela se efetive, é fundamental manter uma rotina de estudos, ter foco, estímulos e concentração. Sendo assim, retomar conteúdos não aprendidos, ler e pesquisar são atividades contínuas para o ser humano”, lembra Kelly Bispo.

“É de grande relevância que os alunos e alunas continuem com o hábito de estudar, pois, com o isolamento social, a rotina de estudos presenciais mudou, exigindo novas adaptações. Por isso o momento é para repensar, reorganizar e otimizar, da melhor forma possível,  o tempo de estudos em casa”, continua. Segundo Kelly Bispo, é importante, ainda, que esta rotina de aprendizagem seja mantida também após o fim da quarentena, mesmo com o retorno das aulas. 

Dicas - De acordo com Kelly e Amanda, as dicas não têm o intuito de criar uma receita de como estudar em casa, mas de estimular o desenvolvimento da aprendizagem de modo didático e enfatizar a importância do estudo, além de mostrar que ele ultrapassa o ambiente de sala de aula.

A primeira dica diz respeito à organização de horários e exercícios. Devem ser definidos horários de estudo, trabalho e descanso, levando em consideração atividades e disciplinas de maior dificuldade, além de respeitar o horário das refeições diárias. Exercícios físicos também são importantes. A saúde física e mental traz importantes benefícios à produtividade.

Também é sugerido a organização de um espaço de estudos. Com poucas distrações, o espaço deve conter apenas o material necessário para o estudo ou trabalho e ser preferencialmente silencioso. Além disso, é preferível que fique longe da cama ou de área de descanso.

Entre as dicas, também se recomenda montar um cronograma de estudos e definir metas e objetivos, para que o tempo de estudo seja otimizado e mais produtivo. Reler conteúdos, falar em voz alta, fazer esquemas e organogramas e retomar conteúdos também ajudam no aprendizado.

Por fim, a última dica é ter uma mente positiva. O aprendizado é um processo que se constrói de forma dinâmica e, para funcionar, precisa ser, além de tudo, prazeroso.

Texto: Rafael Miyake - Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Reprodução Google

registrado em:
Fim do conteúdo da página