Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

PT EN ES

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Universitários facilitam o dia a dia de quem anda de ônibus em Belém
Início do conteúdo da página

Universitários facilitam o dia a dia de quem anda de ônibus em Belém

  • Publicado: Quinta, 08 de Novembro de 2018, 18h55

busID

Sol no rosto, parada de ônibus lotada e todo mundo de braços cruzados olhando para o relógio. "Será que meu ônibus já tá vindo?" é uma pergunta comum no dia a dia de quem depende do transporte público para se locomover. Mas, com um pouco de tecnologia e colaboratividade, estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPA) criaram soluções simples para auxiliar os usuários de transporte público em Belém.

Rebeca Rocha, estudante de Jornalismo, une o útil ao agradável ao participar do Grupo “Pratinha-UFPA” no WhatsApp, criado com o intuito de compartilhar, em tempo real, a localização dos veículos de uma das linhas de ônibus de Belém que vai em direção à Universidade. No grupo, que já conta com 209 participantes, alunos informam as paradas por onde os ônibus passam e o horário em que vão sair ou chegar à Universidade. Alguns colaboradores até ativam o recurso de localização em tempo real para que os outros possam acompanhar o trajeto e pegar o ônibus sem atrasos ou esperas desnecessárias. “Graças ao grupo, posso saber o momento exato de ir pra parada. Sempre que tenho internet, eu mando a localização e tento ajudar outras pessoas também”, afirma Rebeca Rocha.

A fundadora do grupo e estudante de Agronomia Ana Carolina Ribeiro criou o “Pratinha-UFPA” em 2017 e comenta o aumento do interesse dos alunos pela utilização do serviço. “Quando atingíamos a quantidade máxima de participantes, eu recebia mensagens no privado pedindo para eu adicionar novos participantes ao grupo, caso saísse alguém, como uma fila de espera”. Além dos próprios estudantes, Ana Carolina conta que há participação também de trabalhadores que dependem da linha e cobradores que ajudam na atualização das informações quando possível.

Acessibilidade - Outra iniciativa universitária que une tecnologia e informação é o “BusID”. Criado por alunos de Engenharia da Computação da UFPA, o aplicativo auxilia deficientes visuais a identificar as linhas de ônibus. Para utilizar o serviço, basta apontar a câmera do celular para o código do ônibus. Assim, o app detecta a linha identificada e informa ao usuário.

“Para nós, é muito simples ver a linha do ônibus no dia a dia, mas, para o deficiente visual, é algo castigante. O BusID ajuda a diminuir a dependência dessas pessoas”, afirma Risonaldo Moura, um dos idealizadores do aplicativo que facilitou a vida de estudantes como Moisés Júnior: “É um aplicativo muito prático, o tempo que eu perderia perguntando 'que ônibus é esse?’ eu já uso para ir atrás do ônibus certo”, diz ele.

A ferramenta já foi reconhecida em editais de acessibilidade e inclusão e premiada com medalha de Mérito Científico Evandro Chagas pela Câmara Municipal de Belém. O BusID encontra-se disponível para Android e já possui mais de mil downloads. Após o download, o app pode ser utilizado mesmo sem conexão de internet.

Texto: Mariana Vieira - Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página