Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Time Enactus/UFPA abordará Empreendedorismo Social e Inovação na 10ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação
Início do conteúdo da página

Time Enactus/UFPA abordará Empreendedorismo Social e Inovação na 10ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

  • Publicado: Segunda, 14 de Outubro de 2019, 18h07

ak6 1

A 10ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (FECTI) será realizada nos dias 23, 24 e 25 deste mês pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). Entre as atrações da feira, está o Time Enactus da Universidade Federal do Pará (UFPA), que apresentará uma roda de conversa sobre empreendedorismo social no dia 23, às 14h, no Teatro Maria Sylvia Nunes.

“A Enactus é uma rede internacional de estudantes universitários que desenvolvem ações empreendedoras na área de tecnologia social, com o objetivo de melhorar a vida das pessoas. Convidamos o time da UFPA para mostrar suas ações com vistas a inspirar outros jovens a terem atitudes socialmente empreendedoras e inovadoras”, esclarece Dineusa Fontes, da coordenação da Fecti.

O Time Enactus/UFPA faz parte de uma rede global que está presente em 37 países. Realizar ações de empreendedorismo social pensadas para a realidade da Amazônia é o objetivo do grupo.  Participando pela primeira vez da Fecti, o Time Enactus/UFPA irá compartilhar suas experiências de empreendedorismo social e sustentabilidade em uma programação interativa com os participantes.

Enactus cisternaProjetos - O Time Enactus atualmente possui cinco projetos em execução: Amana Katu, Costuraê, Fiero, Ciclica e Minerva. O Projeto Amana Katu tem como objetivo universalizar o acesso à água potável na Amazônia por meio da instalação de sistemas sustentáveis, compactos e de baixo custo para a captação da água da chuva.

O Costuraê visa ao empoderamento de mulheres do bairro Guamá em vulnerabilidade socioeconômicp. As 12 participantes do projeto trabalham com corte e costura, fazendo principalmente acessórios com tecidos que são doados e reaproveitados. O Projeto Fiero oferece capacitações para o aproveitamento de alimentos, atuando principalmente com trabalhadores das feiras. O projeto possui ainda uma linha de geleias que se chama “Melaço do Norte”, feitas de alimentos aproveitados.

O Cíclica foi o primeiro projeto criado pelo Time Enactus/UFPA. Esse projeto trabalha com recicladores da ARAL (Associação de Recicladores de Águas Lindas), ministrando oficinas profissionalizantes, apoiando o aumento das rotas de coleta dos recicladores, além de buscar oferecer todo tipo de suporte necessário para que os trabalhadores obtenham sucesso. O projeto mais recente é o Minerva, uma plataforma que conecta mulheres prestadoras de serviços de reparos residenciais a mulheres que precisam desses serviços,mas não se sentem seguras em contratar a mão de obra masculina.

Enactus WWRReconhecimento e Premiações - O Time Enactus/UFPA tem diversas premiações pela execução de suas ideias inovadoras na Amazônia. A conquista mais recente do time foi o primeiro lugar no Evento Nacional Enactus/Brasil (ENEB), campeonato que ocorre anualmente e premia as melhores iniciativas de empreendedorismo social do País. O primeiro lugar levou os estudantes da UFPA a representarem o Brasil na Enactus World Cup, no Vale do Silício.

Apesar de não terem se classificado na competição principal, o time conquistou o segundo lugar na competição World Water Race, um evento paralelo voltado para projetos relacionados com a água e o saneamento, no qual competiram com o seu Projeto Amana Katu.

Enactus akTransformação Pessoal - “A Enactus me transformou como ser humano”, afirma Wilson Costa, vice-presidente do Projeto Time Enactus/UFPA, engenheiro de produção e mestrando em Engenharia Civil na UFPA. O Time Enactus/UFPA, além de beneficiar comunidades da região amazônica com seus projetos de transformação social e de sustentabilidade, acaba cumprindo um importante papel no desenvolvimento pessoal dos membros da equipe.

Muitos desses estudantes, seja da graduação, seja pós-graduação, encontraram na equipe uma forma de exercitar as habilidades que aprendem na Universidade ou mesmo desenvolver novas competências que servirão para a vida toda, além de principalmente, encontrar novas perspectivas para colocar em prática o que aprenderam.

Wilson Costa participa da equipe há sete anos. “Eu tenho consciência de que tudo que foi investido em mim, tudo que eu aprendi, agora eu retorno pra sociedade. Eu estou podendo utilizar esse conhecimento para que, de alguma forma, eu possa estar mudando a realidade das pessoas”, explica Wilson Costa.

Foto 02 EnactusExperiência única - O estudante de Publicidade e Propaganda da UFPA Wanderson Silva entrou na equipe no primeiro ano da graduação. Wanderson Silva afirma que sua participação no time lhe proporcionou experiências únicas, novos aprendizados, viagens, além de poder se perceber como um potencial de transformação social.

“A Enactus me fez perceber que alguém que veio da periferia, de escola pública possui, sim, lugar na sociedade e que eu posso também fazer com que outras pessoas tenham as suas vidas transformadas”, afirma o estudante.

Mariana Vieira é estudante de Jornalismo da UFPA e hoje atua como assessora de comunicação do Time Enactus. Para ela, o time é uma inspiração diária, pois foi na equipe que a estudante encontrou sua vocação dentro da área do jornalismo, além de também estar levando o Enactus como sua pesquisa de TCC. Mariana Vieira explica que fez novos amigos, aprendeu a lidar com pessoas, desenvolveu habilidades e competências. “É muito inspirador, me preenche, me dá muita alegria, é uma expansão de barreiras muito grande”.

Para saber mais sobre os projetos do Time Enactus/UFPA, basta acompanhar os perfis do instagram e facebook. Além disso, alguns projetos possuem canais de comunicação específicos. Confira: Amana Katu (site, facebook e instagram); Costuraê (instagram); Fiero (instagram); Minerva (site e facebook)

Texto: Matheus Luz - Ascom Sectet
Fotos: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página