Ir direto para menu de acessibilidade.

Seletor idioma

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Ultimas Notícias > Entenda o porquê de a UFPA não ofertar vagas no SiSU em 2019 e o que isso significa
Início do conteúdo da página

Entenda o porquê de a UFPA não ofertar vagas no SiSU em 2019 e o que isso significa

  • Publicado: Quarta, 14 de Novembro de 2018, 18h00

PS 2019 Banner Portal

Para 2019, a Universidade Federal do Pará (UFPA) disponibiliza 7.347 vagas em 132 cursos distribuídos em 21 municípios paraenses. Entre as novidades trazidas na seleção de ingresso de candidatos para o próximo ano, a decisão da Instituição de disponibilizar 100% das suas vagas por meio de seu Processo Seletivo próprio (PS 2019) e, portanto, de não aderir ao SiSU 2019 tem causado dúvidas entre os candidatos. Edmar Costa, pró-reitor de Ensino de Graduação (Proeg), é quem explica o porquê da mudança.

O SiSU é o Sistema de Seleção Unificada, um processo seletivo gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC). Ele é uma forma de preenchimento de vagas nas Instituições de Ensino Superior públicas e também é usado em programas do governo.

Candidatos podem participar do PS 2019 e do SiSU ao mesmo tempo - Porém, para 2019, a UFPA não disponibilizará vagas por meio desse sistema. Isso, por outro lado, não implica  qualquer suspensão do SiSU nacional, de tal forma que, como nos anos anteriores, os candidatos paraenses podem se candidatar às vagas disponíveis no Sistema. Apenas não encontrarão nele vagas para cursos de graduação da UFPA.

“Isso quer dizer que os candidatos podem se candidatar, ainda, às vagas no PS 2019 e às vagas do SiSU, como antes. Apenas não encontrarão no sistema do INEP/MEC vagas da UFPA. Por outro lado, essas vagas não desapareceram. Elas foram concentradas no nosso sistema próprio, o nosso PS 2019”, assegura Edmar Costa, que, além de pró-reitor de Ensino de Graduação da UFPA (Proeg), é presidente da Comissão Permanente de Processos Seletivos da UFPA (Coperps).

Vagas da UFPA no SiSU estavam “sobrando” - Há dois principais motivos por que o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPA (Consepe) decidiu pela não oferta de vagas na UFPA no SiSU em 2019.

O primeiro é que, nos últimos anos, tem crescido o percentual de vagas ofertadas pelo SiSU que não são preenchidas/ocupadas. Em 2017, das 1.221 vagas disponibilizadas pela UFPA no sistema, aproximadamente 305, ou seja, 25% delas não foram preenchidas. Em 2018, entre as 1.450 vagas ofertadas no SiSU, pela UFPA, esse índice chegou a 36%, o equivalente a 522 vagas que ficaram sem candidatos.

“A UFPA analisou os dados e constatou que essa ‘expectativa de preenchimento de vagas que não se confirmava’ devia-se, principalmente, ao duplo modelo de ingresso na UFPA (SiSU e PS), de tal maneira que parte dos candidatos classificados no SiSU também era aprovada pelo PS e, neste caso, desistia da vaga do Sistema. Também se registrou que muitos candidatos classificados via SiSU, mesmo quando se registravam na Instituição, não se apresentavam ao curso, desta forma, abandonando a vaga conquistada”, conta o presidente da Coperps/UFPA.

O segundo motivo que culminou na decisão da UFPA pela não oferta de vagas no SiSU em 2019 foi a incompatibilidade de calendário da Instituição com o sistema. Isso porque as datas ligadas ao SiSU são definidas pelo INEP/MEC e, na UFPA, causaram problemas operacionais que virtualmente prejudicavam candidatos.

“Um exemplo é o tempo de cinco dias úteis para recebimento, análise e resposta sobre os documentos dos candidatos classificados. Esse ‘registro’ precisa ser feito em todos os municípios em que há oferta de vagas, logo a UFPA precisa ir, em apenas cinco dias, em mais de vinte municípios paraenses realizar essa tarefa, o que é bastante complicado, tendo em vista as distâncias e a infraestrutura de transporte disponível no Estado, o que deixa pouco tempo para cada candidato poder se informar sobre quais documentos precisa entregar, obtê-los e efetivamente apresentá-los à UFPA”, também explica Edmar Costa.

A decisão, porém, não é definitiva. A UFPA vai continuar a análise dos impactos dessa mudança, verificando as medidas que podem ser tomadas a médio e a longo prazos sobre o tema, ou seja, a decisão vale, apenas, para 2019.

A “saída do SiSU” prejudica os candidatos? Não! Ao contrário: diminui a chance de vagas sobrarem enquanto tanta gente sonha em entrar na universidade pública. A não oferta de vagas da UFPA via SiSU, em 2019, não interfere nas vagas disponíveis. Apenas implica que 100% delas serão ofertadas via PS 2019.

Também não prejudica os que não vivem no Pará, pois candidatos de outros Estados podem se inscrever normalmente no PS 2019, já que a inscrição é a distância e a seleção é realizada pelas notas no Enem.

Ressalta-se que candidatos que concorrem pelo sistema de cotas são automaticamente isentos da taxa de inscrição, e estudantes que cursaram o ensino médio na rede privada com bolsa também podem pedir a isenção da taxa de inscrição no certame, no momento da inscrição.

Anualmente, mais de 80% dos inscritos no PS da UFPA participam gratuitamente do certame, e no PS2017, por exemplo, 90% dos candidatos participaram do concurso sem pagar nada. Adicionalmente, estão também isentos candidatos em situação de vulnerabilidade econômica, por ser membro de família de baixa renda e esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico.

Por outro lado, a medida tende a reduzir drasticamente o número de vagas não preenchidas, ou seja, a “saída do SiSU” deve garantir que o máximo de candidatos possa ser classificado e entrar na UFPA no ano que vem.

“Entre ter um candidato ‘ocupando’ duas vagas (uma via PS e outra via SiSU) e dois candidatos ocupando duas vagas, a UFPA entende que é seu papel intervir para tentar assegurar e garantir o acesso à educação superior pública ao maior número possível de pessoas”, defende Edmar Costa.

Serviço:
Inscrições para o PS 2019 da UFPA
Até às 17h do dia 20 de novembro, no site do Ceps.
Informações: 3201-7266, 3201-8381, e 3201-8383.
Tire suas dúvidas no “Perguntas Frequentes do PS2019”, disponível aqui.
Saiba mais sobre os cursos disponíveis na UFPA no nosso Catálogo de Cursos
Leia todas as notícias da UFPA publicadas sobre os processos seletivos de ingresso aqui.

Texto: Glauce Monteiro – Assessoria de Comunicação da UFPA
Arte: Coordenadoria de Marketing e Propaganda da Ascom/UFPA

registrado em:
Fim do conteúdo da página